15 de outubro de 2010

E por falar em palhaços...

Olha para o que eu digo, não para o que eu faço. (Provérbio português)

O SL Benfica requisitou, na manhã desta sexta-feira, 2500 bilhetes para o clássico com o F.C. Porto, no Estádio do Dragão. E a justificação é, no mínimo, espetacular:
«O jogo do Porto é o único que não cumpre os pressupostos em que assentou o pedido dos órgãos sociais. O FC Porto, com esta Direcção, nunca se baterá pela verdade desportiva. Depois de assistirmos, na conferência de imprensa de ontem, a mais uma manifestação de benfiquismo do senhor Villas-Boas - aliás, não há uma única conferência de imprensa em que este não fale do Benfica -, decidimos pedir os bilhetes e retribuir-lhe tamanho entusiasmo»

Certamente que os senhores do SL Benfica ainda não repararam que as conferências de imprensa do FC Porto não são previamente combinadas, não passando depois de uma encenação. Logo, o André Villas-Boas está sujeito a ter de responder a perguntas de vários jornalistas, não apenas do da casa. E, já agora, agradeço também esta manifestação de portismo da parte deles que, além de não perderem as conferências de imprensa do nosso «mister», abrem ainda uma excepção para nos conceder a sua esmola com a bênção da visita dos seus adeptos. Viva o Benfica!