2 de março de 2011

Jogadores de aluguer...

O FC Porto divulgou, na passada segunda-feira, o Relatório e Contas do primeiro semestre de 2010/11. O que mais me chamou a atenção, além da redução do passivo, foi o facto do clube não ser detentor da totalidade dos passes de, pelo menos, catorze jogadores do plantel actual. Veja a lista a baixo:

Moutinho (62,5%)
Walter (50%)
Hulk (45%)
Falcao (95%)
Otamendi (50%)
Souza (70%)
Belluschi (50%)
Alvaro Pereira (75%)
Ruben Micael (70%)
Cristian Rodriguez (70%)
Fernando (80%)
James (25%)
Rolando (85%)
Sapunaru (50%)

Os casos mais graves são os de Hulk e James, onde nem metade dos direitos económicos pertencem à nossa SAD. Ao contrário do que acontece na liga inglesa - onde as equipas são obrigadas a deter a totalidade dos passes de todos os seus jogadores -, em Portugal esta situação é normal e comum. Aliás, é quase uma regra. Mas, a nossa SAD deveria evitar estas situações. Sendo esta temporada mais difícil financeiramente, do que é normal, devido à ausência da receita da presença na Liga dos Campeões, a SAD sentiu necessidade de fazer algum dinheiro "fácil" que, curiosamente, foi mais ou menos o lucro apresentado neste período. Talvez a intenção fosse gastar essa verba no reforço do plantel com um avançado, mas tal não se veio a verificar.

Apesar da boa notícia da redução do passivo em cerca de €15M, espero que a SAD continue a fazer um bom trabalho na próxima época. Um bom trabalho seria, a meu ver, investir na aquisição de parcelas de passes dos jogadores que se encontrem na posse de terceiros. Agora que temos o presente acautelado com um excelente plantel, está na hora de acautelar o futuro.