22 de fevereiro de 2012

É possível perder 4-0 e ficar optimista?

É.

Quem viu o futebol que a equipa do FC Porto praticou frente ao Manchester City sabe que este 0-4 é um resultado completamente enganador.

Nem discuto a justiça da passagem do City na eliminatória, a sorte esteve do lado deles nas duas mão e acabaram por passar, mas esperava muito mais deles. A defesa do FC Porto teve o azar sempre do seu lado, tanto nos golos como nas lesões, já que nas duas mãos a equipa perdeu por lesão Danilo, Mangala e Otamendi.

Pelas declarações do Vítor Pereira e dos jogadores no final do encontro dá para perceber que eles estão conscientes que fizeram um bom jogo e que a sorte não esteve do seu lado. Pessoalmente fiquei bastante agradado com a maneira que a equipa conseguiu reagir ao golo do adversário aos vinte segundos (!) de jogo e com o facto de nunca ter virado a cara à luta.

De resto é notório que o futebol praticado tem melhorado de jogo para jogo e, finalmente, vê-se a equipa a ir no bom caminho. Espero que esta atitude seja para manter e que os jogadores continuem a dar sempre o máximo porque, meus senhores, ainda temos um campeonato para ganhar.