21 de março de 2012

Não sejamos ridículos

Quem diz que não se importa com o facto de ter perdido este jogo contra o Benfica mente. É óbvio que desde a criação da Taça da Liga o FC Porto sempre a desvalorizou dando prioridade às competições mais antigas. No entanto, esta época tínhamos uma boa oportunidade de a ganhar porque já fomos eliminados das competições europeias e da Taça de Portugal. E, apesar de algumas poupanças neste jogo, foi isso que tentamos fazer. Não deu.

Por lapso no meu post anterior coloquei o Cristian Rodríguez na equipa que eu escolheria para titular quando ele nem tinha sido convocado. Se tivesse reparado no meu erro a tempo talvez escolhesse mesmo o Palito para a esquerda do ataque como fez Vítor Pereira. Quanto ao resto da equipa seria a mesma que coloquei na imagem do post.

Quanto ao jogo, ambos os treinadores decidiram poupar alguns elementos e o Benfica venceu porque faltou inteligência à nossa equipa para segurar o 1-2. Então o lance que dá o terceiro golo do Benfica não pode acontecer de maneira nenhuma. O Cardozo é muito mais lento que toda a nossa defesa.

Não vou dar importância ao lance que deu o 2-2 ao Benfica nem o fora-de-jogo mal tirado ao Hulk perto do final. Não o faço porque o FC Porto esteve em vantagem no jogo e podia ter marcado por várias vezes antes do Benfica assumir o jogo e, depois de mandar três bolas ao ferro, empatar. A equipa não teve inteligência para gerir o jogo.

A ausência de Fernando têm-se notado bastante e acredito que com ele em campo neste jogo o resultado teria sido diferente. A equipa começou a perder a luta no meio-campo a meio da segunda parte e alguns minutos depois o Benfica chegou ao 3-2. Um dos motivos que me levariam a escolher Mangala para trinco era dar força ao meio-campo. Força essa que Moutinho, Lucho e Defour não podem dar.

Não foi um jogo espectacular mas foi bem disputado e teve bastante emoção, por isso pode considerar-se que foi um bom jogo. Já a transmissão televisiva foi um pouco "à BenficaTV". Sabiam que o golo do Maicon do jogo da liga foi em fora-de-jogo? Desde o início do jogo que os comentadores mostraram de que lado estavam. Na SIC não era de esperar outra coisa.

Era óbvio que todos queriam vencer este jogo, não tanto pela competição em que ele estava inserido mas pelo simples facto de ser um Benfica-FC Porto. Eu confesso que esperava uma vitória do FC Porto, mas infelizmente ganhou o Benfica.

Espero que este jogo não tenha influência negativa no plantel para o que falta do resto do campeonato. Porque, ao contrário do que disse o iluminado Jorge Jesus, este jogo não provou nada. Os jogadores do FC Porto têm agora de dar tudo nos últimos sete jogos desta época para conseguirem ser campeões e aí sim dizerem "nós somos a melhor equipa.".