4 de fevereiro de 2013

O exemplo Maicon



Se há coisa que os adeptos gostam é de ver os jogadores da sua equipa a dar exemplos de profissionalismo e dedicação ao clube. Por vezes, são os pequenos gestos e as mais simples atitudes que fazem a diferença.

No passado fim-de-semana, Maicon, o ex-patinho feio do Dragão, teve uma dessas demonstrações.

Alinhou pela equipa B, assinou um golaço, e no fim ainda reafirmou o orgulho que tem em representar a azul e branca, seja pela A ou pela B. Sem filmes, sem tiques de vedetismo, com toda a humildade. Nos dias de hoje, e infelizmente, já não é tão comum vermos atitudes assim, mas nada que surpreenda vindo de Maicon. Quantas vezes lhe vimos com queixinhas, amuos ou birras? Zero.

Vamos ainda acrescentar outro pormenor a esta história - o pequeno Mateus, filho mais novo do central e com pouco mais de um mês de vida, está internado no hospital. Nem isso demoveu a força e determinação de Maicon - "Ontem fui à luta pela minha família e pelo Futebol Clube do Porto." Isto é que já não é para todos. Um verdadeiro exemplo que deve encher de orgulho todos os adeptos e ao alcance de poucos.

Obrigado, Maicon! E para o pequeno Mateus, toda a força do mundo e rápidas melhoras em nome da equipa do Portistas Anónimos.