18 de fevereiro de 2013

Xistra teve a missão facilitada

Quem viu o jogo da passada sexta-feira em que o FC Porto foi a Aveiro bater o Beira-Mar por 0-2, percebeu que Carlos Xistra trazia a lição bem estudada. Parece que a tendência desta edição da Liga é enfraquecer as equipas que defrontam o Benfica expulsando-lhes jogadores a todo custo na jornada anterior e, quando possível, enfraquecer também a equipa do FC Porto. Assim sendo, o árbitro da Associação de Futebol de Castelo Branco conseguiu exibir o 5º cartão amarelo da presente edição da Liga a Alex Sandro e Mangala, fazendo assim com que as duas melhores opções do FC Porto para a posição de defesa-esquerdo falhem o seu próximo jogo, a recepção ao Rio Ave.


Mas o melhor ainda estava para vir! Em tempo de compensação, Xistra exibe o segundo cartão amarelo a Mangala e expulsa-o do jogo. Assim o francês não só falha o próximo jogo como quando regressar após castigo encontrar-se-á novamente em risco de exclusão uma vez que foi expulso por duplo-amarelo e, assim sendo, estes não entram nas contas dos castigos por acumulação. Convém ainda referir que todos os cartões amarelos vistos pelos jogadores do FC Porto - os dois ao Mangala e um ao Alex Sandro - foram exibidos pelo árbitro da partida em jogadas em que não houve qualquer falta.

No entanto não podemos culpar apenas o árbitro. Neste caso em particular, o treinador do FC Porto, Vítor Pereira, também tem bastante culpa. Há alguns jogos que o Alex Sandro e o Mangala estavam em risco de sofrer o 5º amarelo e falharem assim um jogo por castigo mas não foi feita qualquer gestão desta situação. Após o regresso de Maicon aos convocados, Vítor Pereira devia ter dado instruções a ambos, mas em jogos diferentes, para forçarem o cartão amarelo e, dessa maneira, ficarem castigados um de cada vez. Assim terá de ser Quiño a ocupar a esquerda da defesa naquele que será o seu jogo de estreia com a camisola do FC Porto em jogos da Liga. Esperemos que o colombiano seja uma agradável surpresa.

Num campeonato que tem sido disputado ao golo contra uma equipa que joga com regras diferentes das nossas, estes detalhes podem se decisivos. Agora resta-nos esperar para saber com quantos jogos de castigo será punido Mangala, sabendo desde já que no mínimo serão tantos como o Cardozo e o Matic por terem agredido um adversário, ou seja, um. Caricato.