2 de julho de 2013

Meo patrocinada pelo FC Porto

É o que me apraz dizer quando olho para a camisola principal da nova época.


O patrocínio é feio, horroroso, estraga (quase) totalmente uma camisola que, a princípio, não me agradava muito mas que me vai conquistando aos poucos. Um bocadinho de stroke (contorno das letras) seria suficiente para tirar a maldita caixa, aliás, caixão, da camisola.

E que não se use a desculpa do "a caixa faz parte do logo" porque, na época passada, conseguimos ver-nos livres dela por uns tempos. Somos tão exímios a negociar jogadores e não somos capazes de tratar disto?

Quanto ao equipamento em si, tem nos detalhes em dourado a homenagem aos 120 anos de existência que daqui a poucos meses assinalamos, num acabamento extensível ao equipamento alternativo.


Equipamento alternativo que, tal como o principal, leva-nos a 2002/2003 com a mistura de tons em azul bebé. O patrocínio, felizmente, vem sem caixa e sempre...encaixa melhor na camisola, passe o pleonasmo.


Se as camisolas ainda não o convenceram, resta-me apenas mostrar-lhe como ficam no corpo de Defour e Jackson Martinez, bem como dar-lhe a oportunidade de ver o equipamento completo, e com mais pormenor no vídeo abaixo.