6 de outubro de 2013

Uma Liga Profissional muito pouco profissional

Dia 25 de Agosto de 2013, o Chaves recebe e bate o Marítimo B por 1-0 em jogo que teve inicio às 16h00. Nesse mesmo dia às 19h45, o FC Porto dá inicio ao jogo que venceria por 3-0. O adversário era a formação principal do Marítimo.

Dia 15 de Setembro de 2013, às 15h00 tem inicio o Sporting B-Santa Clara que terminou com uma vitória por 2-1 da equipa da casa. Mais tarde, às 17h45, Olhanense e Sporting começam a medir forças. O jogo terminou com 0-2 favorável aos Leões.

Hoje, 6 de Outubro de 2013, no momento em que escrevo este post, o Benfica B vai vencendo o Académico de Viseu por 2-0 num jogo que teve o seu inicio às 16h00. Mais logo, às 20h15, está marcado o Estoril-Benfica.

Todos estes jogos têm algo em comum: a irregularidade. Segundo o Artigo 13.º do Anexo V do Regulamento das Competições Organizadas Pela Liga Portuguesa de Futebol Profissional, "os jogos das equipas B não podem ter lugar no mesmo dia de calendário dos da equipa principal".


Depois de na época transacta a Liga Portuguesa de Futebol Profissional ter feito uma enorme confusão no Caso das 72 horas e ter mostrado uma enorme falta de conhecimento dos seus regulamentos, esta época tem permitido estas situações que são ilegais aos olhos das regras definidas pela própria Liga.

Os clubes envolvidos não se encontram livres de responsabilidades mas, mais triste de que os dirigentes não saberem as regras das competições onde os seus clubes estão envolvidos, só mesmo os próprios organizadores não imporem o regulamento ou, pior ainda, não terem conhecimento do mesmo.