16 de janeiro de 2014

Mais valia estar calado

A culpa do mau futebol que o FC Porto apresenta, a passagem de cinco pontos de vantagem para três de atraso no campeonato e a prestação miserável na Liga dos Campeões são culpa do Rui Silva (árbitro do Estoril-FC Porto), Artur Soares Dias (árbitro do Benfica-FC Porto), das dimensões das balizas e do azar. Paulo Fonseca tem sido vítima de todos estes factores. Pelo menos é essa a convicção de Pinto da Costa fazendo fé no que disse em entrevista no Porto Canal.

A minha convicção é muito diferente. Paulo Fonseca é incapaz de corrigir os erros que comete e ainda lhes vai acrescentando alguns novos. A evolução da equipa desde o arranque da temporada tem sido negativa e, a não ser que o caso mude drasticamente de figura, só mesmo um cego é que pode acreditar que a jogar assim é possível ser campeão.

Pelo meio Pinto da Costa atacou ainda António Oliveira e Fernando Gomes, dois potenciais sucessores na presidência do FC Porto...

Uma entrevista surreal e que não serviu para mais nada a não ser tentar atirar areia para os olhos dos portistas. Vindo de Pinto da Costa esperava mais. Muito mais.