17 de fevereiro de 2014

As alegrias de uns são as tristezas de outros


Ontem, Mário Figueiredo não conseguiu esconder toda a felicidade que lhe enchia a alma. Na imagem acima podemos ver o rosto de satisfação do presidente da Liga de Clubes no momento em que o Benfica fazia o 0-2 em Paços de Ferreira.

Juntando a isto o episódio da Taça da Liga, onde os delegados ao jogo FC Porto-Marítimo foram aconselhados pelos seus superiores a alterarem os relatórios de forma a empurrar toda a responsabilidade para cima do FC Porto, fica fácil perceber os interesses que movem esta gente.

Numa altura em que o FC Porto se encontra fragilizado por dentro face às más escolhas para a presente temporada, começam os inimigos a sair do buraco para tentar dar a machadada final. Chegou a altura dos atletas mostrarem que os Dragões não são fáceis de matar. Como já referi há dias atrás, neste momento só confio neles.

Façam-nos o favor de tirar o sorriso daquelas caras.