12 de novembro de 2014

Lista de coisas inúteis com as quais os portistas perdem tempo desnecessariamente

Nesta lista estão presentes alguns dos assuntos que têm sido fonte de debates entre portistas - desde o Presidente ao mais comum dos adeptos - e que, no fundo, não passam de temas insignificantes mas que, mesmo assim, são tratados com a mesma ou mais importância do que os que realmente importam.

O que os canais de televisão colocam em rodapé - Pela segunda vez esta época o FC Porto arrancou um empate ao cair do pano. Frente a Estoril e Shakhtar, em ambas as ocasiões a jogar fora de casa, a equipa portista chegou ao empate em tempo de compensação. Infelizmente o foco dos portistas não passou muito por elogiar a atitude da equipa que, mesmo estando a perder e/ou a jogar mal, não baixou os braços e conseguiu chegar ao golo evitando assim a derrota, mas sim ao facto de alguém, talvez com a pressão que existe no meio para ser o primeiro a dar as notícias, ter escrito derrota em vez de empate no texto que aparece no fundo das nossas televisões. A SIC Notícias até teve honras oficiais no facebook do clube. Mas e o penálti que ficou marcar sobre o Danilo, algum responsável  portista comentou?

A tatuagem de Tello - Há algumas semanas o jogador espanhol que está emprestado pelo Barcelona ao FC Porto decidiu fazer uma tatuagem num dos braços. Por ter nascido a 11 de Agosto decidiu pintar um leão por se tratar do seu signo do Zodíaco. Orgulhoso com a nova tatuagem , Tello colocou uma foto da mesma no facebook mas viu-se forçado a eliminá-la porque um grupo (grande) de infelizes decidiu insultá-lo talvez por achar que o jogador nascido em Espanha estava a prestar tributo ao Sporting.

O que se escreve nos blogs - No final se Setembro rebentou uma polémica em torno do blog Tactical Porto. A situação foi despoletada por um funcionário com bastantes responsabilidades dentro do clube e gerou uma onda de indignação um pouco por toda a Bluegosfera. Uma vez mais via facebook, o responsável pelo blog foi insultado, ameaçado e acusado de estar ao serviço dos adversários do FC Porto. O que ganhou o clube com isso? O mesmo que estava a perder: nada.

A marcação dos livres - Lopetegui disse uma vez que não dá à equipa indicações sobre quem deve bater os penáltis, ficando ao critério de quem está em campo decidir quem se sente com mais confiança para ser o cobrador. Em relação aos livres não encontrei nem uma palavra mas, face aos acontecimentos, deduzo que seja o mesmo principio. No jogo do passado Domingo existiu uma situação que causou revolta em muitos portistas ao ponto de dar uma avaliação negativa a um dos jogadores que mais se empenhou e melhor jogou: Quaresma impôs-se perante Brahimi assumindo ele a marcação de um livre que o argelino se preparava para cobrar. Também não gostei da atitude do internacional português mas, partindo do principio que não existe uma lista de marcadores oficiais escolhidos pelo treinador, o facto de Herrera ter pegado na bola e a entregado a Brahimi não lhe dá automaticamente o direito de ser ele a cobrar a falta. Faltou bom senso a Quaresma, mas nada mais que isso. Caso a lista exista todo o meu raciocínio perde o valor, mas Lopetegui com certeza que chamará a atenção ao camisola 7 como já fez por outros motivos. De qualquer das formas o assunto ficará resolvido.

O jogo de Tozé - Não é segredo para ninguém que o jovem médio além de formado no FC Porto ainda está sob contrato com o clube. A decisão de emprestar Tozé ao Estoril foi tomada pelos responsáveis portistas e ao fazê-lo deviam ter pensado que, tratando-se de um jogador talentoso, havia o risco de jogar contra o FC Porto e, como se verificou, fazê-lo bem. Tozé está no primeiro de dois anos de empréstimo na Amoreira e está a fazer pela vida, se demora mais ou menos a sair de campo não é problema nosso. A pressão que se está a fazer sobre o rapaz é vergonhosa e cobarde, principalmente pelo facto de se pôr em causa as palavras do próprio quando afirma ser portista. Até Pinto da Costa já seguiu por esse caminho, situação que me entristece ainda mais. O que ganha o clube em ajudar a queimar um dos jogadores mais talentosos que saiu da formação nos últimos anos?

No meio destas parvoíces todas vamos perdendo tempo que podia ser aproveitado de forma mais útil, como por exemplo a denunciar as arbitragens que nos têm prejudicado e tanto têm ajudado o Benfica; a debater o futuro do FC Porto tendo em conta a situação financeira da SAD; a tentar perceber os motivos que levaram Pinto da Costa a dar o apoio do FC Porto a Luís Duque; ou a combater os constantes ataques de Bruno de Carvalho a Pinto da Costa e ao FC Porto. Qualquer umas destas opções é sem dúvida muito melhor do que andar a discutir a forma caricata como o Quaresma se veste ou se o Casemiro é um 6 ou um 8.


9 comentários:

  1. Caro sr. Augusto,

    Com muita estima e consideração, devo dizer que não concordo consigo. Dos assuntos que enumera, acho que as mensagens em rodapé traduzem o estado de espírito da Comunicação Social que urge denunciar, a tatuagem do Tello a estupidez da massa pipoqueira que urge fazer desaparecer, o que se escreve nos blogues a efectiva tentativa de limitação da liberdade de escrita de alguém, embora compreenda que estar a evidenciar erros tácticos não é das coisas mais pró-clube do Mundo, que todos nós somos.

    A marcação dos livres é um exemplo da eucaliptização Quaresmal que justifica veementemente a atitude do nosso treinador em sentar o Quaresma, e mostra aos adeptos do FC Quaresma que isso só lhe dá a ideia a ele que pode tudo e que é mais importante que os outros, ideia contrária ao sentimento do resto da equipa e contraproducente,

    Sobre o jogo do Tozé, falei no meu último post que lhe convido a ler. aqui.

    Todos os assuntos que o sr Augusto enumera como importantes - e com os quais concordo - foram já tratados em muitos dos blogues que visito na Bluegosfera, incluindo também o meu.

    Com muita estima e consideração,

    Viva o Porto,

    Abraço azul e branco!

    Jorge Vassalo | Porto Universal

    ResponderEliminar
  2. Jorge,

    em relação aos rodapés é importante perceber que não é por aí que vem o mal ao mundo. Do que aparece nos canais até será mesmo a coisa mais insignificante. Certamente que conhece a C. do Lá Em Casa Mando Eu, na reportagem que deu ao Porto Canal é a própria que diz que já estava a escrever para aparecer em rodapé no canal em que ela trabalha que Benfica e Porto empataram a 1 e entretanto apareceu o golo do Kelvin. Felizmente ela segue o futebol com atenção e corrigiu logo tudo, mas no meio de tanta confusão e pressão para dar rápido a notícia podia ter cometido um erro.

    O tema Quaresma é um dos que mais dividem os portistas, mas neste caso dos livres é um não-problema. Ele, como Brahimi ou Quintero, são os três que habitualmente batem as bolas paradas. De longe a longe lá aparece o Maicon a marcar umlivre e muito mais raramente o Danilo. O que aconteceu na Amoreira foi um episódio que se vê em todos os clubes mesmo o Quaresma não estando lá. Como referi, faltou algum bom-sendo ao camisola 7, mas nada mais que isso. Se Lopetegui tem a tal lista certamente que saberá colocar o Quaresma no lugar, se não tem que a faça e assim evitam-se estas coisas.

    O Tozé é nosso jogador mas isso não significa que sejamos nós a pagar-lhe o salário, da mesma forma que tenho quase a certeza que não é o Barça a pagar o de Tello. O rapaz, custe a quem custar, fez o que tinha a fazer e não consigo ver isso como uma afronta. Se o pessoal quer começar já a queimá-lo por mim tudo bem, mas não consigo deixar de achar que se deve apenas ao resultado. Se o remate final do Jackson dava o 2-3 ao cair do pano não havia uma voz que se levantasse contra o Tozé e disso não duvido.

    ResponderEliminar
  3. Caro Augusto não querendo evangelizar ninguém gostava de partilhar umas coisas,

    Sobre o tozé só lhe digo o seguinte:

    - esteve bem no jogo - esteve
    - esforçou-se o que se devia esforçar - esforçou
    - marcou um golo - marcou, se o deixaram jogar habilitam-se a que ele marque golos
    - foi profissional? - foi 90% do jogo e foi um filho da P*** ressabiado em 10% do mesmo

    A critica que lhe faço e da qual nunca me esquecerei, eu que passei um ano a ver a B por causa do tozé, é quando o tozé se atira ao chão, com as maos na cara, forçando a interrupção do jogo, isto porque simulou que o NOSSO Indi o tinha agredido!!!

    A minha questão é: o que é que o Augusto acha disto???

    A minha questão é: o que é que o Augusto acharia se o arbitro tivesse aproveitado o teatro e tivesse expulso o Indi fazendo o porto jogar 60 minutos com menos 1 jogador???

    Ainda acha que o Tozé fez o que devia ter feito, ou será que o Tozé neste ato (nem falo do momento da substituição) foi simplesmente mais um anti-portista ou algo do genero.....

    dessa canalhice, eu que era grande fã do que achava ser o portista Tozé, não me esqueço, e se o vir aqui por lisboa seguramente que lho direi, provavelmente em estilo "apertão ou aperto" como diz o record....

    Até transcrevo o que lhe direi: "és uma tal merda ****" que o slb ou o scp te façam bem.....

    ResponderEliminar


  4. «No meio destas parvoíces todas vamos perdendo tempo que podia ser aproveitado de forma mais útil como, por exemplo, a denunciar as arbitragens que nos têm prejudicado e tanto têm ajudado o 5lb»

    feito.
    os restantes itens seguirão o seu curso nos próximos dias. :D

    abr@ço
    Miguel | Tomo II

    ResponderEliminar
  5. Pedro,

    o Tozé bateu contra o Indi e ficou no chão, é certo. A interpretação que eu faço é que estava apenas a queimar tempo, a aproveitar para descansar e a tentar cortar um pouco o ritmo ao jogo. Não é bonito, mas é algo comum em todos os clubes. Não vejo aquilo como uma tentativa de sacar um vermelho.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Otimo Augusto,
      Na minha opinião está a ser condescendente, assumindo dores e lutas de outros....

      Uma coisa eu pergunto e acho que muitos portistas o deveriam fazer:
      - o que faz o rui 'gandhi' BARROS no meio desta história?
      - pq será que ele barafustou com o toze?
      - trata-se de um portista dos 7 costados, insuspeito, de um comportamento tranquilíssimo, q vive o clube, conhece os jogadores, estava á flor da relva, e quando se cruza com o toze saltou-lhe a tampa pq????

      Nao brinquem... O toze nao é nenhum menino, e em varias atitude que teve no jogo demonstrou muito pouco respeito por um clube que ainda acredita nele (65%)....

      O resto é conversa, eu sinceramente prefiro concentrar-me nos que estão e parecem estar a quere ser portistas, o toze já tem futuro aqui pela capital e prima imprensa....

      RUI BARROS, eu sinceramente prefiro tomar as dores deste meu ídolo

      Eliminar
    2. Eu, por não ir nos filmes da imprensa da capital, é que prefiro não crucificar ninguém, até porque não sei o que o Rui Barros lhe disse ao certo. O que eu gostaria de dizer ao Rui Barros, caso tivesse oportunidade, é para a próxima deixar para lá isto e que aconselhe melhor Lopetegui, uma vez que é um dos adjuntos. Este jogo fiquei com a sensação de que o treinador mandou a jogo uma equipa a contar com um jogo mais fácil. Talvez lhe tenha faltado algum conhecimento de causa.

      Eliminar
  6. Miguel,

    sem nunca deixar nada por tratar, é principalmente nos assuntos mais importantes que devemos concentrar a grande maioria da nossa energia.

    ResponderEliminar
  7. Eu com alhos e o Augusto com bogalhos....

    ResponderEliminar