8 de fevereiro de 2016

Um estratégia de comunicação peculiar

Há algum tempo, talvez anos, que a SAD do FC Porto não dá sinais de vida e há já quem a compare à presidência de Cavaco Silva. A nação bem que gostaria de ouvir pela boca de quem de direito o que realmente se passa, mas quando algum responsável portista fala limita-se a sacudia a água do capote.

No meio de tanto silêncio surgiu recentemente um movimento que pode tornar o FC Porto um caso único em Portugal: as mulheres dos intervenientes a darem a cara por eles.

Vítor Baía criticou a SAD? Não há problemas, a Fernanda, actual esposa de Pinto da Costa, já lhe responde através do Instagram. Curiosamente, foi na mesma rede social que a mulher de Maicon, logo após este ter virado as costas ao jogo, decidiu vir dar a entender que o camisola 4 portista tem jogado lesionado e ainda colocar em causa o profissionalismo da equipa médica do clube.

Enquanto aguardo ansiosamente por um tweet da esposa do Dr. Nélson Puga, espero que os responsáveis do FC Porto mudem rapidamente de estratégia e passem de espectadores a intervenientes. Porque o clube está a afundar e eles continuam a assobiar para o lado. A continuar assim vamos acabar a época sem qualquer título e com as esposas de Lopetegui e Peseiro a trocarem galhardetes pelo facebook.