8 de março de 2016

Exemplos práticos

«Andam alguns sportinguistas a dizer que se fala muito nos rivais (indo mais ao detalhe que eu e o treinador falamos demais no rival).
Então vamos tentar perceber se faz sentido falar ou não:
1 Ter um jogador, neste caso Slimani, perseguido e condicionado por algo que deveria ter sido decidido imediatamente com um arquivamento, deve ou não ser relembrado constantemente? Esse condicionamento a que está sujeito desde então não é já um castigo contínuo?
Estamos a tentar enganar quem? Desde a vergonhosa aceitação da queixa do benfica que Slimani está a ser constantemente "suspenso" a nível psicológico.
Mas não vamos falar nisto pois temos é de nos concentrar na nossa casa... O Slimani nem é nosso jogador nem é importante;
2 O Sporting CP tem sido alvo de uma campanha articulada e vergonhosa desde o início da época. Uma teia montada para denegrir, manipular e desestabilizar. Alguma "comunicação social" tem sido totalmente conivente com a mesma. Os mais visados têm sido o treinador e eu. Os autores, na sua grande maioria são assalariados ou simpatizantes do benfica. Já para não dizer que um deles é dirigente do clube.
Mas dizem que eu é que estou sempre a falar do vizinho.
Então vamos contar do outro lado quem está sempre a atacar o Sporting CP (e apenas vou dar alguns exemplos): pedro guerra, carlos janela, rui pedro brás, diamantino, gobern, camilo lourenço, nuno farinha do record, fernando guerra de a bola, mais futebol, gomes da silva, antónio figueiredo, octávio lopes, octavio ribeiro, revista sábado, joão gabriel...)
Mas afinal o benfica ataca ou não ataca? Está a utilizar a táctica do desprezo ou a táctica da guerra "suja" e constante?
Mas mandam as regras da "elevação" e do "não desgaste" não falar.
Eles podem mentir, dizer que não pagamos contas e salários, que temos perdões de dívida, pressionar os árbitros, chamar nomes ao Sporting CP e seus representantes, fingir chatices no balneário ou entre mim e o treinador... Isso não interessa para nada.
Mas a verdade é que o que é dito muitas vezes passa a ser verdade e o que eles querem é que nos calemos para que a sua manipulação e desestabilização funcione;
3 O escandaloso caso dos vouchers é arquivado...;
4 O último árbitro que teve coragem de marcar um penalti contra o benfica desceu de divisão e já foi na época passada... (para não falar das gravíssimas acusações por ele feitas que a CS difundiu mas deixou morrer com uma rapidez supersónica)...;
5 Jogadores de equipas adversárias vêm defender os jogadores do benfica em cada lance polémico. Eles dizem que não foram agredidos, eles dizem que não sofreram penaltis.
Mas o que se passa? Estes jogadores tristes com as injúrias sobre colegas de profissão ligam para a comunicação social, ou é a tal "comunicação social" que liga para eles? E liga porquê? Será que não têm o número do Adrien ou do João Mário para falarem dos socos que levaram? Ou do Gelson para lhes explicar como foi agredido com uma pisadela já no chão?
Como diz a canção "Love is in the air - o amor anda pelo ar".
(E escusa de vir o "lider" do belenenses, como li, falar. Se existe um Líder no belenenses devem primeiro avisar os seus associados, pois eles ainda não o descobriram. Eles merecem mais respeito pelo amor que têm a esse grande clube pelo qual tenho estima. Não me parece que mandar em apanha-bolas seja liderar nada. Quando tiverem um Líder a sério e um rumo independente e condizente com a sua grandeza eu responderei ao mesmo);
6 O benfica ainda não viu um atleta expulso esta época;
7 Neste último jogo renato sanches agrediu Bryan Ruiz podendo ter resultado numa perna partida. A equipa de arbitragem viu perfeitamente o lance e deu-lhe apenas cartão amarelo (ver foto anexa). Então ainda no túnel foi dito "entradas com a sola da bota é vermelho". Mas então o que é a sola da bota?
8 Mitroglou empurrou com o ombro e restante corpo o Adrien atingindo-o na cara. Isso foi na grande área. Então ombro na cara não é falta? No mínimo impedir propositadamente um atleta de prosseguir a sua marcha por obstrução ou carga não é falta?
Ler hoje nos jornais que o Adrien chocou contra o ombro do Mitroglou, é triste mas hilariante. Eu bem avisei num post anterior que quem ousa tocar nos cotovelos de jogadores do benfica arrisca-se a ser expulso, agora levar com um ombro na cara, a agressão é da cara... Outra explicação hilariante que li é que Mitroglou já lá estava para a dobra... Sim, com a pancada que deu na cara do Adrien tentou realmente dobrá-lo ao meio!
Já não têm vergonha nenhuma e tem de existir quem não tenha medo de denunciar toda esta "campanha";
9 Agarrar o Slimani dentro da área não é falta?
10 A constante falta de bom senso na nomeação dos árbitros e a não saída imediata de Vítor Pereira.
Nós sabemos que o mais importante é ganhar os jogos, mas quem não percebe que os dez pontos anteriores muitas vezes os decidem, não percebe de futebol.
O futebol fora das 4 linhas tem muita força e condiciona de facto os intervenientes do jogo.
Pelos superiores interesses do Sporting CP não me irei calar!»
Isto, meus senhores, foi escrito por Bruno de Carvalho. Se neste texto não negasse a evidente cotovelada de Slimani a Samaris no jogo da primeira volta, se admitisse que Adrien e João Mário, entre outros jogadores leoninos, são tão bons a dar pancada como os do Benfica e se assumisse que o Sporting andou meia época ao colo estaríamos perante um relato fiel do que tem sido o futebol português em 2015/2016.

Assim mais não é do que uma tentativa de desestabilização do rival Benfica, mas que, em primeiro lugar, tem o objectivo de defender o Sporting. Mais não seja para voltar a ter a ajudinha de quem apita que marcou a ritmo semanal as primeiras jornadas do campeonato e que após esse período foi aparecendo a espaços, porque esta guerra Benfica - Sporting recheada de acusações de benefícios por parte de arbitragem tem trazido ainda mais benefícios a ambos. Sim, é verdade, ambos têm razão! Bruno de Carvalho e companhia podem afirmar que o Benfica foi ajudado aqui e ali, assim como Luís Felipe Vieria e seus pares podem apontar o dedo às arbitragens em vários jogos do Sporting, mas há uma coisa que nenhum deles pode fazer, que é dizer que os outros não tem razão.

E onde fica o FC Porto no meio disto? Fica impedido de lutar pelo título porque não teve quem defendesse os interesses do clube desde o dia 1 deste campeonato e foi-se deixando ser prejudicado até chegar a este ponto em que só algo semelhante a um milagre lhe poderá valer o título de campeão, mas, curiosamente, são esses os mesmos que prontamente decidiram entregar ao departamento jurídico as declarações de Carlos Abreu Amorim que os acusa de se terem acomodado e de serem milionários que enriqueceram no clube e sem causa. No entanto, é a palavra "nepotismo" que me parece ser o alvo dessa resposta abrupta por parte da SAD, só não percebo é o motivo...

Uma coisa é certa, enquanto que estiver à frente do clube não o defender com a mesma energia que defende a si próprio será difícil que o FC Porto volte a ser um clube vencedor.