29 de outubro de 2016

Encomendado!


O FC Porto não podia ganhar em Setúbal. Não podia, ponto final. João Pinheiro fez uma arbitragem vergonhosa, ainda mais vergonhosa que a actuação da equipa portista. O Benfica não podia ir pressionado para o clássico da próxima semana e, com este servicinho, o pior que lhes pode acontecer é sair do Dragão com a liderança segura por apenas dois pontos de vantagem sobre o FC Porto. Neste momento não consigo fazer uma análise racional à forma como os comandados de Nuno jogaram nem sobre as opções que este tomou, mas tenho a convicção plena que só jogando mesmo muito excepcionalmente seria possível ultrapassar a coligação Setúbal-João Pinheiro. O penálti não marcado sobre Otávio foi só a cereja no topo do bolo, para trás ficaram decisões de alguém que parecia estar a querer gozar com a cara de todos os portistas, especialmente com a coragem que teve de não dar um segundo de descontos que fosse na primeira parte e na segunda ter-se ficado pelos quatro. Mensagem para a SAD e para o treinador: não se queixem, continuem calados. Está tudo bem e o FC Porto não tem sido sistematicamente prejudicado.

Nota - Caso não tenha ficado claro, quero esclarecer que na mensagem que deixei estava a ser irónico. Sinto-me na obrigação de dizer isto porque as pessoas visadas parecem andar com dificuldades em entender o que é óbvio.